EUA – São Francisco

EUA – São Francisco

Entre o Oceano Pacífico e as águas gélidas da baía, cresceu uma cidade de característica única nos EUA. São Francisco consegue ser, ao mesmo tempo, sofisticada e casual, liberal e familiar. Sob constante nevoeiro – ou fog, para entrar no clima -, cada um pode ser o que quiser. Com 50% da população formada por estrangeiros, São Francisco mostra uma grande qualidade: o respeito às diferenças. Embarque nessa viagem. Você está prestes a conhecer uma das mais apaixonantes cidades do mundo. Aproveite o passeio e tome cuidado apenas para não deixar o seu coração por lá.

Quem chega a São Francisco é surpreendido, primeiramente, por belas paisagens. A cidade que cresceu ao redor de dezenas de colinas guarda cenários absolutamente encantadores. Entre os altos e baixos das ladeiras, cada rua guarda uma bela surpresa.

Em meio a clássicas casas vitorianas, modernos prédios de Downtown e à boa vida à beira da baía, você encontrará um número inesgotável de atrações. A graça de São Francisco está exatamente em sentir-se parte da cidade e não apenas um estranho em dia de visita. Tire os sapatos e curta alguns minutos com os pés na grama do Dolores Park; experimente um caranguejo fresquinho no Fisherman’s Wharf; alugue uma bicicleta para atravessar a Golden Gate e delicie-se com a vista da cidade  nos jardins de Alcatraz. No final do dia, pare em um dos vários wine bars que tomam conta das ruas e faça um brinde a São Francisco – com um delicioso vinho californiano, claro!

Prepare-se para curtir uma cidade que é um convite a dias felizes. Diferentemente de outros destinos famosos, em São Francisco os moradores são extremamente simpáticos e estão sempre prontos a ajudar.

História

Até meados do século XVIII, São Francisco manteve-se protegida dos exploradores e era habitada pela população indígena nativa. Por um acaso da vida, a tão famosa neblina ajudou a preservar a região. Somente em 1769 os espanhóis avistaram a área e dela tomaram posse, instalando fortalezas e uma missão religiosa que futuramente daria nome à cidade. A região deixou de ser território espanhol quando, em 1821, o México declarou independência e levou junto São Francisco.

A área onde hoje está a cidade passou a fazer parte do território americano apenas em 1869, durante a corrida pelo ouro de Sierra Nevada e um dos mais importantes boons populacionais da cidade. Já integrando território americano, São Francisco sofreu o maior desastre natural até hoje registrado na região. Um terremoto – de 8,5 pontos na escala richter – destruiu a cidade quase completamente. Foram três dias de incêndios seguidos aos tremores. São Francisco reergueu-se e foi totalmente reconstruída.

Até hoje o pesadelo de outro grande terremoto amedronta os moradores (a cidade está sobre uma importante placa tectônica), porém, mesmo correndo grande risco, a população não deixa de viver intensamente.

Quando ir a São Francisco

São Francisco é conhecida por ter um clima ao mesmo tempo constante e maluco. Em um dia é capaz de você morrer de calor e, uma hora mais tarde, sentir frio com a chegada da neblina – para ser mais local, a fog. Os moradores já sabem e avisam aos turistas: melhor andar rápido se quiser observar a vista no Twin Peaks, pois a fog está chegando. O céu, azul e ensolarado, em nada evidencia que dentro de poucos minutos tudo estará tomado pela densa névoa branca, mas os moradores, bons meteorologistas, não erram. O céu azul vai embora em poucos minutos e ganha contornos de paisagem invernal. A roupa de verão dá lugar ao casaco de inverno. E assim segue o ano na cidade com o clima mais louco dos EUA.

Se você viajar para São Francisco desavisado, poderá congelar ainda no primeiro passeio. É difícil entender como uma cidade californiana pode ter um clima tão pouco convidativo a um banho de mar. A verdade é que, independentemente da estação do ano, São Francisco sempre dará um arrepio na espinha ao final da tarde. E não é de emoção, é de frio mesmo.

Dezembro, janeiro e fevereiro – inverno no hemisfério norte – são os meses mais frios.  A temperatura varia entre 7°C e 13°C e os ventos são, consideravelmente, mais desagradáveis. A incidência de chuvas é maior, porém o índice pluviométrico é baixo e não chega a atrapalhar o passeio, só aumenta a sensação de frio. Este é o período da baixa temporada em São Francisco. Os hotéis estão mais baratos e a cidade, mais vazia – o que facilita na hora dos passeios.

A primavera, entre março e junho, é um espetáculo à parte. Lotada de parques, São Francisco ganha cores incríveis entre as cerejeiras do Jardim Japonês e as espécies raras do Jardim Botânico. A temperatura começa a aumentar e torna-se muito mais agradável caminhar pela cidade. Os hotéis ainda estão com bons preços e a cidade não está lotada.

No verão, de julho a setembro, os termômetros marcam mínima de 11°C e máxima de 21°C. Durante o verão praticamente não há incidência de chuvas. É nesse período também que a cidade está mais cheia. O clima de férias é dos melhores e você poderá aproveitar vários eventos e festivais. O aumento do número de turistas traz consigo a alta dos preços de hospedagem. Quem pretende visitar São Francisco neste período deve efetuar as reservas com bastante antecedência.

A melhor época para visitar a cidade (apesar dela ser maravilhosa o ano inteiro) é no outono. O clima é agradável, tem menos vento e a temperatura varia de 10°C a 21°C. Tudo isso torna os meses de setembro a novembro ideais para os turistas que gostam de bater perna na rua. Os parques estão todos “pintados” de laranja, vermelho e amarelo e a paisagem é cinematográfica. Além de a cidade estar linda, o período não é tão lotado e os hotéis estão mais em conta.

Seja qual for a época escolhida para visitar a cidade, é quase certo que você sentirá calor e frio no mesmo dia. Por isso, esteja preparado para variações climáticas e leve sempre um casaco na bolsa. Diferentemente dos moradores, você não conseguirá prever com tanta precisão quando a fog chegará. Mas, se ela o pegar no meio do caminho, aproveite a paisagem. É emocionante ver a Golden Gate tomada pela neblina.

Passeios em São Francisco

A cidade de São Francisco recepciona muito bem os visitantes e é totalmente preparada para o grande fluxo de turistas. A melhor parte da viagem é que nos sentimos muito bem-vindos! Prova disso é a enorme quantidade de empresas especializadas em passeios pela região. Difícil será escolher uma entre tantas opções de tour que são oferecidas.

Quem chega à cidade é bombardeado com panfletos, mapas e promoções de pacotes. Em todas as esquinas você encontrará agências de turismo. Os próprios hotéis costumam facilitar o trâmite e agendam o passeio de acordo com o gosto do cliente. Alguns podem ser facilmente feitos por conta própria; no entanto, outros são mais tranquilos de serem feitos com uma companhia especializada.

Um dos mais populares passeios da cidade (absolutamente imperdível) é fazer o trajeto entre São Francisco e Sausalito de bicicleta. Partindo do Fisherman’s Wharf, o passeio demora aproximadamente três horas, com muitas paradas para fotos, claro! A melhor parte é pedalar pela grandiosa Golden Gate. Alugar uma bicicleta é fácil, rápido e barato. Quem acha que não vai dar conta da longa jornada pode optar por uma bike elétrica. Nada mal na hora das subidas. A volta, depois de um passeio pela graciosa Sausalito, pode ser feita de balsa. Os turistas ainda ganham de brinde uma linda vista da Baía de São Francisco.

Também na região da Baía, quem atrai multidões é a Ilha de Alcatraz. O tour recebe um número limitado de visitantes por dia e é o mais disputado de toda a cidade. Os tíquetes, que devem ser comprados on-line no site oficial, esgotam-se com até um mês de antecedência. A concorrência não é à toa. Visitar o famoso presídio em detalhes é realmente fantástico. Um audioguia (em português) leva o visitante a percorrer toda a área de Alcatraz e conta, nos mínimos detalhes, como era a vida dos prisioneiros e as fugas impossíveis que aconteceram. A vantagem de ir ao passeio diurno é o maravilhoso visual da baía, porém no tour noturno a emoção (pra não dizer o medo) é ainda maior.

Fora da área central de São Francisco, os passeios mais procurados são para regiões de natureza como o Yosemite Park e a Muir Woods. Os dois parques nacionais têm paisagens deslumbrantes e são visitas obrigatórias para amantes da natureza. Entre sequoias gigantes e cachoeiras monumentais, você entrará em contato com cenários muito diferentes dos encontrados no Brasil. Muir Woods está a apenas 40 minutos do centro de São Francisco e as empresas de turismo oferecem passeios de meio dia a partir de USD 52. O Yosemite Park, a 330km de São Francisco, leva um dia inteiro para ser visitado e tem custo de USD 150.

Além dos parques nacionais, São Francisco oferece outro passeio imperdível fora do centro. A região produtora de vinhos, conhecida como Wine Country, é perfeita para os amantes de cabernets sauvigons e outros varietais. Entre Napa Valley e Sonoma, os turistas terão a oportunidade de visitar vinícolas, degustar deliciosas refeições e curtir um clima campestre e tranquilo, tudo regado a taças de vinhos californianos. O passeio pode ser feito por conta própria ou em excursões de ônibus, van e até limusine. Quanto mais exclusivo for o tour – ou seja, quanto menos gente houver no grupo -, melhor será a sua experiência. Uma ótima maneira de vivenciar o Wine Country e degustar a bebida in loco é o Wine Train. Dentro de um vagão de trem histórico você percorrerá a região de vinícolas enquanto aproveita refeições elaboradas e taças de vinhos regionais.

Para quem não tem muito tempo e quer apenas fazer um tour dentro da cidade, o ideal é escolher uma das opções de ônibus de dois andares que fazem o circuito turístico e um passeio de barco pela baía. Se o tempo estiver bom, você registrará uma linda cidade. Por outro lado, para viver São Francisco de verdade, nada como um passeio de bonde.

Veja abaixo mais detalhes sobre os principais tours oferecidos em São Francisco.

  • Alcatraz

    Alcatraz

    Em meio às águas geladas da Baía de São Francisco, a Ilha de Alcatraz reina absoluta. Originalmente terra indígena, a “Isla de Los Alcatraces” (nome dado pelo conquistador espanhol Juan Manoel Ayala) virou forte militar em 1859 e protegeu a baía até o final da Guerra Civil, em 1865. O local, que já foi…

  • Presidio-park

    Sausalito – Passeio de bicicleta

    Do outro lado da Baía de São Francisco, a pequena Sausalito, com pouco mais de 7.000 moradores, convida a um dia relaxante. Com cara de cidadezinha de praia, cheia de bistrôs intimistas, galerias de arte e muitos barcos, o lugar é ideal para um passeio em dia de sol. Antes uma comunidade de pescadores, hoje Sausalito abriga casas charmosas e…

  • Yosemite-national-park

    Yosemite National Park

    Com 3.000km² de área e mais de três milhões de visitantes por ano, o Yosemite Park é um dos passeios imperdíveis para os amantes da natureza. O número expressivo de turistas é explicado pela beleza da região. A viagem até lá demora mais de três horas – tempo recompensado pelas paisagens…

  • Muir Woods National Monument – Parque das Sequoias Gigantes 

  • Uma das paisagens mais famosas da Califórnia é composta pelas sequoias gigantes do Parque Nacional Muir Woods. A área, que já foi particular, é Monumento Nacional dos EUA e preserva a floresta de árvores centenárias. Os visitantes podem fazer visitas guiadas ou por conta própria. A grande vantagem é que o parque…

  • Baia-de-sao-francisco-passeio-de-barco

    Baía de São Francisco – Passeio de Barco

    São Francisco é quase totalmente cercada por água. De um lado está o Oceano Pacífico; do outro, a baía que leva o nome da cidade. Não é para menos que muitas das atrações turísticas estão diretamente ligadas à costa. Apesar de a maioria delas estar em terra, é nas águas…

  • Vinicolas-da-california

    Vinícolas da Califórnia

    Os Estados Unidos estão entre os maiores produtores de vinho do mundo, ocupando a quarta posição no ranking. E é da Califórnia – Wine Country – que vêm 90% da bebida produzida no país. As vinícolas americanas concentram-se principalmente nas regiões vizinhas de Napa Valley e Sonoma, a pouco mais de uma hora da…

Onde comer em São Francisco

Viver intensamente São Francisco é mergulhar fundo na deliciosa gastronomia californiana. No entanto, os sabores não se restringem ao cardápio americano. A influência dos imigrantes levou para a cidade receitas de todo o mundo. Cada ladeira reserva surpresas irresistíveis. Em pequenos ambientes, porções de felicidade são servidas em cafés, bistrôs, farmers markets, osterias, sushi bars, vinotecas, taquerias e tantas outras variações gastronômicas que nem o mais ambientado gourmet poderia imaginar.

Percorrer as ruas de São Francisco é uma constante tentação. Não é preciso procurar por ambientes elaborados e refinados para degustar refeições inesquecíveis; elas estão em todos os lugares. Quando menos esperar, você avistará uma vitrine onde poderá “namorar” os pratos dos clientes. As grandes janelas de vidro são como um chamado para momentos felizes à mesa. Sente-se e aproveite uma das mais de 5.000 opções oferecidas pela cidade.

Apesar de restaurantes serem encontrados em toda a São Francisco, algumas regiões são famosas pela alta concentração de espaços destinados às boas refeições. À beira da baía, grandes centros oferecem pratos elaborados, especialmente com frutos do mar e ingredientes fresquinhos vindo direto dos produtores locais. Na área do Fisherman’s Wharf você encontrará dezenas de restaurantes, porém a grande atração local vem direto dos barcos dos pescadores. Barraquinhas vendem frutos do mar (especialmente caranguejos-gigantes) e servem as iguarias in natura ou em sanduíches tradicionais.

No Píer 39 – um dos pontos turísticos mais procurados da cidade -, o melhor fica por conta de refeições bem elaboradas com lagostas e pescados. No Ferry Building Marketplace, a oferta é mais diversificada e segue a linha de espaços simples com comida refinada. O mercado oferece refeições gourmets de vários países e pequenas butiques que vendem queijos, pães e azeites artesanais, vinhos californianos e muitos produtos frescos. É perfeito para quem gosta de ver os ingredientes para depois saborear uma deliciosa refeição.

Bairros e redutos étnicos são um convite à experimentação. Para quem busca sabores asiáticos, o ideal é uma volta por Chinatown e Japantown. Você encontrará restaurantes tailandeses, cambojanos, vietnamitas, japoneses, chineses e alguns menos prováveis, como o cingapuriano. Outro grande centro étnico é o bairro de North Beach, também conhecido como Little Italy. São tantas as opções para saborear a gastronomia italiana que vale perder-se entre as ruas até ser fisgado por um deles. Outros sabores latinos, como a culinária mexicana, também estão bem representados no Mission District.

A área ao redor da Union Square, além de excelente para compras, oferece boas oportunidades de restaurantes. Ela é um resumo de toda a cidade de São Francisco. A variedade é tanta que você ficará zonzo entre restaurantes de diferentes nacionalidades, especialidades, tamanhos e preços. É o tipo de lugar que agrada a todos.

As refeições em São Francisco sempre guardam boas surpresas, porém os hábitos são um pouco diferentes dos nossos. O café da manhã, para os americanos, é mais importante do que o almoço (ou lunch). Prepare-se para cafés fartos e quase sempre muito pesados. Bacon, panquecas, omeletes e tacos estão em todos os cardápios. As refeições com cara de almoço são ótimas para quem prefere passar o dia passeando, pois tão cedo você não sentirá fome. O horário usual para o café da manhã é até as 11h. Nos finais de semana, aproveite os brunchs.

No almoço, o mais comum na cidade é fazer apenas um lanche rápido e pouco elaborado, nada que tome muito tempo. Mas não quer dizer que você não encontrará menus caprichados para almoçar. Especialmente nas regiões mais turísticas, onde o fluxo de clientes é intenso durante todo o dia, os restaurantes servem pratos bem elaborados e com muita fartura.

Restaurantes concentram boa parte da vida noturna da cidade de São Francisco, no entanto eles funcionam em ritmo de happy hour: abrem e fecham cedo. Por volta das 23h muitos deles já estarão com as portas fechadas. Se quiser aproveitar, tenha em mente que é preciso ir cedo. Para acompanhar a refeição, não deixe de pedir um bom vinho californiano.

  • Pier-39

    Pier 39

    Se há um lugar visitado por todos os turistas que chegam à cidade pela primeira vez é o Píer 39. O altíssimo índice de visitantes tem razão para ser. À beira da Baía de São Francisco, essa área de lazer une bons restaurantes, ótimas oportunidades de compras, um aquário…

  • Chinatown-sao-francisco

    Chinatown

    Chinatown existe em todo lugar. A comunidade oriental de São Francisco, no entanto, não só é a mais antiga dos EUA – existe de 1848 – como também é a maior do mundo fora da Ásia. A presença de imigrantes chineses é tão forte na cidade que placas de identificação, letreiros, cardápios,…

  • Delica

    Delica

    O ambiente com cara de bistrô surpreende pela elegância e pela elaboração refinada dos pratos. A cozinha privilegia os ingredientes frescos da Califórnia para dar ainda mais sabor à tradicional culinária japonesa.

    À beira da Baía de São Francisco, dentro do Ferry Building Marketplace, você…

  • Ferry-building

    Ferry Building

    No encontro da Market Street com a Embarcadero, à beira da baía, está um dos lugares prediletos dos moradores de São Francisco. Com uma imponente torre de relógio, o Ferry Building marca o tempo dos viajantes que chegam ou partem de viagem. O prédio histórico data de 1898 e, até os anos 30, com a…

  • Fisherman-s-wharf

    Fisherman’s Wharf

    Quem caminha pela área do Fisherman’s Warf nos dias de hoje não imagina que em meados do século XIX o local era porto de pescadores – na maioria italianos – e o principal mercado de peixes da cidade. Remodelado nos anos 70, o local tornou-se um dos mais visitados pontos turísticos de São Francisco. No início do dia, muitos…

  • Ghirardelli-chocolate-marketplace

    Ghirardelli Chocolate Marketplace

    No final do século XIX funcionava neste prédio a antiga fábrica de chocolates da Ghirardelli. Hoje considerado local histórico pela cidade de São Francisco, o espaço virou uma grande praça e centro comercial com dezenas de lojinhas e restaurantes.

    Entre os espaços mais frequentados está a sorveteria e…

  • Lori-s-diner

    Lori’s Diner

    O autêntico diner americano, inspirado na cultura dos anos 50, é ponto de encontro dos moradores, especialmente no café da manhã. Além da comida deliciosamente exagerada, o Lori’s encanta pela decoração saudosista. Em todos os detalhes você será remetido ao tempo em que as lanchonetes eram cheias de glamour….

  • North-beach

    North Beach

    Para aproveitar a noite dividindo espaço com californianos, os bairros de North Beach e Haigh-Ashbury escondem diversos bares e pubs em ruas residenciais.

    Alguns bons exemplos são o Zeki’s Bar (1319 California St), o Aub Zam Zam (1633 Haight St) e o imperdível Bourbon and Branch (501 Jones St).

  • Original-joe-s

    Original Joe’s

    Desde 1937 no coração de North Beach – tradicional reduto italiano em São Francisco -, o Original Joe’s atrai pela clientela que aguarda na porta. Difícil ignorar o fato de que um lugar com tantas mesas pode, ainda assim, ter filas. A razão não poderia ser mais óbvia. A qualidade da comida é realmente…

  • Pier-market

    Pier Market

    Entre os disputados restaurantes do Píer 39, este se destaca pela bela vitrine de frutos do mar e pela possibilidade de pegar uma das iguarias para viagem. Bem no meio do burburinho, o Pier Market é parada certa para amantes de frutos do mar. Difícil resistir a chegar perto da vitrine para ver os produtos sendo grelhados na churrasqueira gigante.

    O…

  • Super-duper-burger

    Super Duper Burger

    Ingredientes orgânicos, pães artesanais e produtos fresquinhos, tudo para preparar um dos melhores hambúrgueres de São Francisco. O Super Duper orgulha-se por se preocupar tanto com os produtos quanto com a natureza. A consciência ambiental atrai adeptos, é verdade, porém quem enche as filas são os clientes ávidos…

  • Tad-s-steak-house

    Tad’s Steak House

    Sabe aquele bifão caseiro, bem temperado e suculento, coberto de cebola grelhada, que comemos apenas em casa? No Tad’s Steak House você encontrará essa mesma maravilha do lar. Um dos sofrimentos gastronômicos mais comuns entre os brasileiros quando estão viajando, a saudade do bife com batata frita, pode ser solucionada por lá.

  • The-cheesecake-factory

    The Cheesecake Factory

    O nome engana os mais desavisados. Quem nunca entrou no Cheesecake Factory pode acreditar que a típica torta americana é a única opção do restaurante. A grande (e ótima) surpresa é perceber que o Cheesecake tem um dos mais completos e variados cardápios da cidade. A boa nova não para por aí! Os…

  • Mission

    The Mission District

    Um dos mais descolados bairros da cidade, o Mission District tem cara de vintage moderno. Como aquelas peças super na moda que encontramos dentro do armário das nossas avós, ou carros antigos, que nunca foram tão contemporâneos. Andar pelas ruas do Mission é ter a certeza de que raízes são feitas para serem lembradas e…

  • Union-square-sao-francisco

    Union Square e Market Street

    Diferentemente de outras cidades americanas, em São Francisco as compras são quase sempre feitas na rua e o principal encontro das grandes marcas está na região da Union Square. A praça é o centro fervilhante para turistas e moradores que pretendem encher sacolas. Prepare-se para bater muita perna. De rua em rua você…

O que fazer em São Francisco

Diferentemente de outras grandes metrópoles americanas, constantemente aceleradas, em São Francisco o visitante encontrará um ritmo bem particular. É hora de diminuir o passo, esquecer o carro e curtir cada bela rua da cidade. Suba no primeiro cable car que passar à sua frente ou alugue uma bicicleta. O destino pouco importa. O melhor da cidade é vagar sem pressa. Qualquer que seja o caminho, você descobrirá a cada ladeira (mesmo que canse um pouquinho na subida) uma nova atração. Se não souber se localizar, basta abrir o mapa. São Francisco ainda é dessas cidades em que dá gosto de se perder e onde é fácil encontrar-se.

Sao-francisco

O dia dos são franciscanos começa com um reforçado e longo café da manhã. A cidade é conhecida pela alimentação saudável, com produtos orgânicos e frescos. Difícil será resistir a tentações como os clássicos ovos com bacon, sempre em porções muito exageradas. Se o tempo estiver bom, escolha um dos cafés com mesinhas nas calçadas. O clima é de boa vizinhança, com moradores lendo jornal, passeando com os cachorros e praticando esportes.

Não tenha pressa. Aproveite para puxar papo e pegar algumas dicas para o dia. Os locais são extremamente gentis e estão sempre dispostos a ajudar os turistas mais perdidos. Essa é uma das melhores características da cidade! Alguém sempre oferecerá ajuda, do motorista de ônibus que pergunta o seu destino ao morador que o vê passando frio na parada e indica um ponto mais quentinho logo adiante.

Aproveite a manhã para passear pelos muitos parques e espaços abertos. O clima nesse horário costuma ser mais estável e quentinho do que no final da tarde. Sente-se na grama, tire os sapatos e registre – mesmo que na memória – como os moradores aproveitam intensamente as áreas verdes e fazem delas o quintal de casa. Para ver muitas atrações, corra para o Golden Gate Park. Lá você encontrará o Califórnia Academy of Science e o de Young Museum, além de jardins lindíssimos como o Botanical Garden, o Japanese Tea Garden e o Conservatório de Flores.

Dolores-park

Alamo-square-park-e-as-painted-ladies Golden-gate-park Japanese-tea-garden Alamo-square-park-e-as-painted-ladies San-francisco-botanical-garden

Outros parques que mostram bem como anda a boa vida em São Francisco são o Dolores Park, o Alamo Square Park – e as elegantes casas vitorianas conhecidas como Painted Ladies – e o grandioso Presídio – que ocupa toda a área próxima à ponte Golden Gate. O Twin Peaks é o melhor ponto para ver a cidade bem do alto e observar a fog chegar.

Andar por várias regiões ajuda a entender como São Francisco é moderna, tolerante e convive bem com as diferenças. Cada distrito mostra uma faceta da cidade. Mission, por exemplo, é dividida entre um lado vintage hipster e outro latino fervilhante, tudo cercado por murais caprichosamente grafitados. O Castro é o bairro que concentra a comunidade gay e onde a cidade vive em constante clima de festa. O Haight-Ashbury, berço do movimento hippie nos anos 60, é atualmente um dos mais chiques e elegantes points. North Beach tradicionalmente é um reduto italiano, enquanto Chinatown é casa dos moradores de origem asiática. Nos arredores da Union Square você encontrará as melhores oportunidades de compras, de Macy’s a Apple Store.

Fisherman-s-wharf

Mission Chinatown-sao-francisco Castro Pier-39 Pier-39

À beira da baía, o Fisherman’s Wharf e o Marina District são visitas obrigatórias e oferecem atrações como o Píer 39 – uma das mais disputadas áreas de lazer da cidade -, o Presídio de Alcatraz – com um incrível tour pelas antigas instalações carcerárias – e o Aquarium of the Bay – onde o visitante vê os animais marinhos enquanto passa por um aquário em formato de túnel. A especialidade dos lugares, no entanto, são os muitos restaurantes de frutos do mar.

Aliás, comer está entre as atividades prediletas dos moradores. Por isso mesmo não faltam opções de boas refeições. É hora de aproveitar a fartura de frutos do mar e produtos fresquinhos recém-chegados das fazendas californianas. Esqueça qualquer possibilidade de dieta e aproveite para se fartar em sabores inesquecíveis, seja em um restaurante italiano de North Beach, um tailandês de Chinatown, um argentino no Ferry Market ou um hambúrguer orgânico na Market Street.

Baia-de-sao-francisco-passeio-de-barco

Para queimar um pouquinho das calorias, suba em uma bike e percorra a mais famosa rota da cidade. Do Fisherman’s Wharf a Sausalito as paisagens são espetaculares. De quebra, você terá a oportunidade de pedalar sobre uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno: A Golden Gate Bridge. Se optar por permanecer de carro, percorra a 49-Mile-Scenic-Drive. Siga as placas em tons de azul e laranja e conheça vários pontos turísticos ao longo do percurso. A rota foi pensada exatamente para o turista que tem pouco tempo.

Apesar de São Francisco ser apaixonante, algumas regiões ao redor também merecem uma visita. Se você está com tempo de sobra, não deixe de fazer passeios de dia inteiro. Os mais procurados são as vinícolas de Napa e Sonoma, as sequoias-gigantes do Muir Woods e as paisagens deslumbrantes do Yosemite Park.

Depois de tantos parques, pontos turísticos, museus, restaurantes, compras e passeios, se ainda restar energia, explore os bairros mais animados para a vida noturna. Apesar de São Francisco ser uma cidade muito mais convidativa e viva durante o dia, algumas boas opções também podem ser encontradas quando sol se põe. Aproveite cada minuto em que estiver por lá para curtir ao máximo o que a cidade tem a oferecer. Ela é um convite à felicidade.

  • Alcatraz

    Alcatraz

    Em meio às águas geladas da Baía de São Francisco, a Ilha de Alcatraz reina absoluta. Originalmente terra indígena, a “Isla de Los Alcatraces” (nome dado pelo conquistador espanhol Juan Manoel Ayala) virou forte militar em 1859 e protegeu a baía até o final da Guerra Civil, em 1865. O local, que já foi…

  • Lombard-street

    Lombard Street

    De tão íngrime, o trecho da Lombard Street, entre a Leavenworth St e a Hyde St, ganhou oito curvas para que os carros pudessem descer sem derrapar. O projeto data de 1922 e foi idealizado por um dos moradores da vizinhança. De tão estranha, ficou famosa entre os turistas. Hoje a Lombard Street sustenta o título de mais sinuosa rua do…

  • Outlets Premium – Gilroy, Vacaville e Livermore

  • Prepare-se para uma verdadeira maratona de compras. Você vai precisar de disposição e muito preparo físico para encarar os outlets. São Francisco oferece três opções: Vacaville, Livermore e Gilroy (o mais procurado entre eles). Todos fazem parte da rede Premium, bem conhecida entre os brasileiros.

    Para tornar o seu dia…

  • Presidio-park

    Sausalito – Passeio de bicicleta

    Do outro lado da Baía de São Francisco, a pequena Sausalito, com pouco mais de 7.000 moradores, convida a um dia relaxante. Com cara de cidadezinha de praia, cheia de bistrôs intimistas, galerias de arte e muitos barcos, o lugar é ideal para um passeio em dia de sol. Antes uma comunidade de pescadores, hoje Sausalito abriga casas charmosas e…

  • Yosemite-national-park

    Yosemite National Park

    Com 3.000km² de área e mais de três milhões de visitantes por ano, o Yosemite Park é um dos passeios imperdíveis para os amantes da natureza. O número expressivo de turistas é explicado pela beleza da região. A viagem até lá demora mais de três horas – tempo recompensado pelas paisagens…

  • Pier-39

    Pier 39

    Se há um lugar visitado por todos os turistas que chegam à cidade pela primeira vez é o Píer 39. O altíssimo índice de visitantes tem razão para ser. À beira da Baía de São Francisco, essa área de lazer une bons restaurantes, ótimas oportunidades de compras, um aquário…

  • Muir Woods National Monument – Parque das Sequoias Gigantes 

  • Uma das paisagens mais famosas da Califórnia é composta pelas sequoias gigantes do Parque Nacional Muir Woods. A área, que já foi particular, é Monumento Nacional dos EUA e preserva a floresta de árvores centenárias. Os visitantes podem fazer visitas guiadas ou por conta própria. A grande vantagem é que o parque…

  • Alamo-square-park-e-as-painted-ladies

    Alamo Square Park e as Painted Ladies

    Se há uma imagem icônica da cidade de São Francisco, certamente é o conjunto de casas vitorianas da Alamo Square, conhecido como Painted Ladies.

    A praça, no alto do bairro com mesmo nome, proporciona a famosa vista das casas com a cidade ao fundo. A região é tranquila e convida a alguns minutos de descanso no meio do…

  • Apple-store

    Apple Store

    Quem procura por produtos da Apple, ou não resiste a uma voltinha na loja para ver os últimos lançamentos, encontrará três opções pela cidade: a primeira, na Stockton St., está bem localizada na principal região de compras da cidade, no meio do caminho entre a Union Square e a Market Street; a segunda, na…

  • Aquarium-of-the-bay

    Aquarium of the Bay

    O hipnotizante balé das águas-vivas recebe os visitantes quem chegam ao Aquarium of the Bay. Entre tons de rosa, azul, amarelo e laranja, elas dançam calmamente enquanto turistas (adultos e crianças), observam atentamente. A cada curva você encontrará uma nova criatura e, às vezes, elas podem ser bem estranhas.

    A melhor parte…

  • Baia-de-sao-francisco-passeio-de-barco

    Baía de São Francisco – Passeio de Barco

    São Francisco é quase totalmente cercada por água. De um lado está o Oceano Pacífico; do outro, a baía que leva o nome da cidade. Não é para menos que muitas das atrações turísticas estão diretamente ligadas à costa. Apesar de a maioria delas estar em terra, é nas águas…

  • Best Buy

  • A loja já é famosa entre os brasileiros, tanto pela variedade de produtos quanto pela facilidade nas compras. O espaço funciona como um supermercado de eletrônicos e equipamentos para o lar e vende de aspiradores de pó a potentes computadores. Quem procura por produtos como câmeras fotográficas, notebooks, aparelhos de som e…

  • Buena-vista-park

    Buena Vista Park

    Bem diferente de outros parques, que têm espaços muito gramados, o Buena Vista parece uma floresta no meio da cidade. Prepare-se para a subida íngreme pelas trilhas que levam até o topo. O nome do local já entrega: lá do alto você terá um visual lindo de São Francisco.

    Desde 1867 no bairro de Haight-Ashbury, o…

  • California-academy-of-sciences

    California Academy of Sciences

    O prédio atrai os visitantes antes mesmo de entrarem. No terraço, um jardim em formato de bolas – todo coberto por grama – mostra um pouco do que encontraremos no interior. Logo na entrada, um amistoso esqueleto de tiranossauro rex recepciona os visitantes. É hora de entrar em um dos mais divertidos museus de São Francisco.

    O California Academy…

  • Chinatown-sao-francisco

    Chinatown

    Chinatown existe em todo lugar. A comunidade oriental de São Francisco, no entanto, não só é a mais antiga dos EUA – existe de 1848 – como também é a maior do mundo fora da Ásia. A presença de imigrantes chineses é tão forte na cidade que placas de identificação, letreiros, cardápios,…

  • Coit Tower

    Quando estiver andando pela região do Píer 39, olhe para São Francisco ao fundo e identifique uma enorme torre que destoa completamente de toda a cidade. Não tem erro, você irá encontrá-la com facilidade. Bem no topo da Telegraph Hill, rodeada pelo Pioneer Park, a Coit Tower é marca registrada da cidade. 

  • De-young-museum

    de Young Museum

    A arquitetura do de Young Museum chama a atenção dos visitantes que circulam pelo Golden Gate Park. O prédio, todo coberto com placas de cobre e construído com materiais como concreto, vidro e madeira, tem design contemporâneo e uma grande torre, de onde se pode ter uma bela vista de 360° do parque.

    O novo prédio do museu – que…

  • Delica

    Delica

    O ambiente com cara de bistrô surpreende pela elegância e pela elaboração refinada dos pratos. A cozinha privilegia os ingredientes frescos da Califórnia para dar ainda mais sabor à tradicional culinária japonesa.

    À beira da Baía de São Francisco, dentro do Ferry Building Marketplace, você…

  • Dolores-park

    Dolores Park

    A maior atração deste parque é, sem dúvida, a maravilhosa vista para São Francisco. No alto do Mission District’s, o Dolores tem clima de parque da vizinhança. Crianças brincam em parquinhos modernos e recém-reformados, atletas aproveitam a área verde para praticar exercícios enquanto cachorros correm…

  • Exploratorium

  • Especialmente dedicado às crianças – nem por isso menos divertido para os adultos -, o Exploratorium é o paraíso dos pequenos curiosos. O espaço é um mix de museu e brinquedoteca, onde os jovens são convidados a participar ativamente de experiências e aprender, na prática, um pouco mais de ciência. No…
  • Ferry-building

    Ferry Building

    No encontro da Market Street com a Embarcadero, à beira da baía, está um dos lugares prediletos dos moradores de São Francisco. Com uma imponente torre de relógio, o Ferry Building marca o tempo dos viajantes que chegam ou partem de viagem. O prédio histórico data de 1898 e, até os anos 30, com a…

  • Fisherman-s-wharf

    Fisherman’s Wharf

    Quem caminha pela área do Fisherman’s Warf nos dias de hoje não imagina que em meados do século XIX o local era porto de pescadores – na maioria italianos – e o principal mercado de peixes da cidade. Remodelado nos anos 70, o local tornou-se um dos mais visitados pontos turísticos de São Francisco. No início do dia, muitos…

  • Ghirardelli-chocolate-marketplace

    Ghirardelli Chocolate Marketplace

    No final do século XIX funcionava neste prédio a antiga fábrica de chocolates da Ghirardelli. Hoje considerado local histórico pela cidade de São Francisco, o espaço virou uma grande praça e centro comercial com dezenas de lojinhas e restaurantes.

    Entre os espaços mais frequentados está a sorveteria e…

  • Golden-gate-bridge

    Golden Gate Bridge

    A imagem é icônica: a fog chega rapidamente pela baía e encobre a bela Golden Gate. Apenas os pontos mais altos da enorme estrutura de ferro permanecem fora da neblina. O pedido de todo turista é que o tempo limpe rapidamente e a ponte mostre integralmente a sua beleza, mas não tem visual mais charmoso em São Francisco do que a ponte…

  • Golden-gate-park

    Golden Gate Park

    O Golden Gate Park está para São Francisco como o Central Park está para Nova York, porém é importante dizer que ele é maior! A grande área, com mais de 4km², é famosa pela variedade de atividades que oferece. Lá você encontrará atrações como: California Academy of…

  • Haight-Ashbury

    As ruas dos bairros eram as favoritas dos hippies nos anos 60; hoje o lugar é repleto de lojas de grifes famosas e restaurantes chiques.Uma passada pela região vale para observar a diferença de culturas da cidade e visitar a Amoeba Music (1855 Haight Street), loja que conserva uma das maiores coleções de CDs do mundo. 

  • Japanese-tea-garden

    Japanese Tea Garden

    Um pedacinho do Japão o aguarda nesse jardim dentro do Golden Gate Park. O lugar é cheio de referências à Terra do Sol Nascente, como construções do tipo pagode, portais de madeira, pontes circulares, bonsais e vegetações típicas. Quando as cerejeiras estão floridas, entre abril e maio, o Japanese Tea…

  • Lori-s-diner

    Lori’s Diner

    O autêntico diner americano, inspirado na cultura dos anos 50, é ponto de encontro dos moradores, especialmente no café da manhã. Além da comida deliciosamente exagerada, o Lori’s encanta pela decoração saudosista. Em todos os detalhes você será remetido ao tempo em que as lanchonetes eram cheias de glamour….

  • Mission-san-francisco-de-asis

    Mission San Francisco de Asís – Mission Dolores

    Esta pequena igreja, localizada no Mission District, é a mais antiga construção de São Francisco e berço do nascimento da cidade. O prédio, fundado em 1776, foi erguido por missionários franciscanos que acompanhavam os primeiros colonizadores espanhóis. Com nome de Misión San Francisco de Assis, porém…

  • North-beach

    North Beach

    Para aproveitar a noite dividindo espaço com californianos, os bairros de North Beach e Haigh-Ashbury escondem diversos bares e pubs em ruas residenciais.

    Alguns bons exemplos são o Zeki’s Bar (1319 California St), o Aub Zam Zam (1633 Haight St) e o imperdível Bourbon and Branch (501 Jones St).

  • Original-joe-s

    Original Joe’s

    Desde 1937 no coração de North Beach – tradicional reduto italiano em São Francisco -, o Original Joe’s atrai pela clientela que aguarda na porta. Difícil ignorar o fato de que um lugar com tantas mesas pode, ainda assim, ter filas. A razão não poderia ser mais óbvia. A qualidade da comida é realmente…

  • Palace-of-fine-arts

    Palace of Fine Arts 

    A imponente arquitetura greco-romana em nada lembra a cidade de São Francisco. O palácio, construído em 1915 para a Panama-Pacific Exposition, foi o único que restou depois do evento. Como a estrutura não foi pensada para durar mais que os dias da exposição, o Palace of Fine Arts precisou ser totalmente reconstruído…

  • Pier-market

    Pier Market

    Entre os disputados restaurantes do Píer 39, este se destaca pela bela vitrine de frutos do mar e pela possibilidade de pegar uma das iguarias para viagem. Bem no meio do burburinho, o Pier Market é parada certa para amantes de frutos do mar. Difícil resistir a chegar perto da vitrine para ver os produtos sendo grelhados na churrasqueira gigante.

    O…

  • Presidio

    Presidio 

    A antiga base militar, transformada em parque nacional em 1994, é hoje um dos mais populares parques da cidade. De frente para a Baía de São Francisco, com bela vista da Golden Gate, o Presídio oferece atrações extremamente diversificadas e várias áreas de recreação independentes umas das outras….

  • San-francisco-botanical-garden

    San Francisco Botanical Garden

    Mais do que um parque, o Jardim Botânico de São Francisco é uma volta ao mundo. A viagem, no entanto, não é a bordo de um avião. O caminho é feito entre sequoias gigantes da Califórnia, cerejeiras japonesas, espécies das florestas tropicais das Américas Central e do Sul, flores delicadas – como as…

  • Super-duper-burger

    Super Duper Burger

    Ingredientes orgânicos, pães artesanais e produtos fresquinhos, tudo para preparar um dos melhores hambúrgueres de São Francisco. O Super Duper orgulha-se por se preocupar tanto com os produtos quanto com a natureza. A consciência ambiental atrai adeptos, é verdade, porém quem enche as filas são os clientes ávidos…

  • Tad-s-steak-house

    Tad’s Steak House

    Sabe aquele bifão caseiro, bem temperado e suculento, coberto de cebola grelhada, que comemos apenas em casa? No Tad’s Steak House você encontrará essa mesma maravilha do lar. Um dos sofrimentos gastronômicos mais comuns entre os brasileiros quando estão viajando, a saudade do bife com batata frita, pode ser solucionada por lá.

  • Castro

    The Castro

    A bandeira com as cores do arco-íris anuncia a chegada ao Castro (oficialmente Eureka Valley), o bairro mais gay friendly da cidade. Apesar de São Francisco inteira ser considerada extremamente tolerante, moderna e nada preconceituosa, é no Castro que a comunidade gay realmente se sente em casa. Casas, restaurante e lojas ostentam, com muito orgulho,…

  • The-cheesecake-factory

    The Cheesecake Factory

    O nome engana os mais desavisados. Quem nunca entrou no Cheesecake Factory pode acreditar que a típica torta americana é a única opção do restaurante. A grande (e ótima) surpresa é perceber que o Cheesecake tem um dos mais completos e variados cardápios da cidade. A boa nova não para por aí! Os…

  • Mission

    The Mission District

    Um dos mais descolados bairros da cidade, o Mission District tem cara de vintage moderno. Como aquelas peças super na moda que encontramos dentro do armário das nossas avós, ou carros antigos, que nunca foram tão contemporâneos. Andar pelas ruas do Mission é ter a certeza de que raízes são feitas para serem lembradas e…

  • Twin-peaks

    Twin Peaks

    Do alto de 300 metros você verá a cidade por inteiro. No Twin Peaks a paisagem é de tirar o fôlego. Os montes gêmeos ficaram famosos pela linda vista da baía.

    Prepare a câmera fotográfica e o casaco. Entre um clique e outro é capaz de você congelar por conta do frio. Com sorte, é possível ver…

  • Union-square-sao-francisco

    Union Square e Market Street

    Diferentemente de outras cidades americanas, em São Francisco as compras são quase sempre feitas na rua e o principal encontro das grandes marcas está na região da Union Square. A praça é o centro fervilhante para turistas e moradores que pretendem encher sacolas. Prepare-se para bater muita perna. De rua em rua você…

  • Vinicolas-da-california

    Vinícolas da Califórnia

    Os Estados Unidos estão entre os maiores produtores de vinho do mundo, ocupando a quarta posição no ranking. E é da Califórnia – Wine Country – que vêm 90% da bebida produzida no país. As vinícolas americanas concentram-se principalmente nas regiões vizinhas de Napa Valley e Sonoma, a pouco mais de uma hora da…

Vida noturna em São Francisco

Os restaurantes que abrem para o jantar começam a receber a clientela por volta das 18h e o movimento cai a partir das 22h. Um bom lugar para escolher entre muitas opções é North Beach. São dezenas de restaurantes italianos, um mais encantador que o outro.

Apesar de não ser o ponto forte da cidade, algumas regiões ainda resistem com boas opções para quem espera alguma coisa a mais de um sábado à noite. Os moradores de alguns bairros – como Mission, North Beach e Castro – naturalmente já são muito festivos. Nem a lei que limita a venda de bebidas conseguiria pará-los.

Os bares são o point predileto dos notívagos. A cerveja é tradição em São Francisco desde os tempos da corrida do ouro, quando os bares eram, na verdade, saloons. Pubs Irlandeses, sport bars – com transmissão de jogos ao vivo – e wine bars – que servem especialmente vinhos da Califórnia – são facilmente encontrados na rua. Os mais chiques estão na região da Marina, enquanto os mais animados estão no Mission e no Castro.

Quem pretende esticar a noite em uma casa noturna terá dificuldade de encontrar um club tradicional. A noite de São Francisco varia muito e uma casa noturna que está no auge este ano poderá já ter fechado no ano seguinte. Elas não costumam ter tamanhos enormes, como em LA ou Vegas, e se parecem mais com clubes intimistas. Para encontrar a casa que está na moda, procure a agenda do SF Weekly – a maioria delas está localizada no SoMa (South of Market). O horário de funcionamento é das 21h às 2h. Mesmo as que permanecem abertas durante a madrugada param de vender bebidas às 2h. Para os amantes de boa música, a noite da cidade é mais promissora. Clubs de jazz e blues, além de piano bars, estão espalhados por toda a cidade.

  • North-beach

    North Beach

    Para aproveitar a noite dividindo espaço com californianos, os bairros de North Beach e Haigh-Ashbury escondem diversos bares e pubs em ruas residenciais.

    Alguns bons exemplos são o Zeki’s Bar (1319 California St), o Aub Zam Zam (1633 Haight St) e o imperdível Bourbon and Branch (501 Jones St).

  • Castro

    The Castro

    A bandeira com as cores do arco-íris anuncia a chegada ao Castro (oficialmente Eureka Valley), o bairro mais gay friendly da cidade. Apesar de São Francisco inteira ser considerada extremamente tolerante, moderna e nada preconceituosa, é no Castro que a comunidade gay realmente se sente em casa. Casas, restaurante e lojas ostentam, com muito orgulho,…

  • Mission

    The Mission District

    Um dos mais descolados bairros da cidade, o Mission District tem cara de vintage moderno. Como aquelas peças super na moda que encontramos dentro do armário das nossas avós, ou carros antigos, que nunca foram tão contemporâneos. Andar pelas ruas do Mission é ter a certeza de que raízes são feitas para serem lembradas e…

Pontos turísticos de São Francisco

São Francisco é um dos cenários favoritos para filmes, seriados e comerciais americanos. Exatamente por isso alguns pontos tornam-se tão familiares que temos a sensação de já conhecer a cidade intimamente quando chegamos por lá. Não se deixe enganar pelas lembranças televisivas e corra para formar uma nova imagem da cidade: a sua!

Será necessário percorrer, preferencialmente em um cable car, alguns dos mais famosos cartões-postais de São Francisco. A tarefa é das melhores, até porque chegar a cada um deles o ajudará a conhecer toda a cidade. Prepare a câmera fotográfica. O passeio rende belos cliques e os cenários são incríveis!

tour começa por uma das mais famosas imagens da cidade. Sentir-se hipnotizado pela ponte Golden Gate não é nenhuma vergonha, pelo contrário. Ela é linda, grandiosa e desafiante. E esse desafio, em algum momento, pode virar obsessão. Quantas visitas são necessárias até conseguir vê-la sem nevoeiro? Se você for sortudo, conseguirá de primeira. No entanto, é comum fazer algumas viagens até flagrá-la por inteiro. Em algum momento você começará a simpatizar com a fog que toma conta da paisagem quase diariamente.

Outro bom desafio é fotografar todas as curvas da Lombard Street. Vale subir em muros, lixeiras e se esticar todinho, porém a melhor vista mesmo é a partir da Coit Tower. Além da sinuosa rua, você verá a cidade com a Baía de São Francisco ao fundo. Para quem gosta de ver a cidade bem do alto, uma visita imperdível é o Twin Peaks. O parque, com dois morros quase gêmeos, é imbatível no quesito altura.

Quem também proporciona uma linda foto é o conjunto de casas vitorianas da Alamo Square. As Painted Ladies, como são conhecidas, ficam ainda mais belas com os modernos prédios de São Francisco e o bucólico parque compondo o mesmo cenário. Se puder, vá até lá no final da tarde. O pôr do sol dá um incrível tom de dourado aos prédios.

Parques são uma das maiores especialidades da cidade. Alguns ultrapassaram o status de espaços recreativos e tornaram-se pontos turísticos. O Golden Gate Park, sede do Japanese Tea Garden e o do San Francisco Botanical Garden, é o mais famoso deles. O mais disputado, mas nem sempre lembrado como parque, é o lendário Presídio de Alcatraz. Entre jardins coloridos e gaivotas, os visitantes que chegam à ilha poderão vivenciar uma experiência única dentro das instalações do mais famoso complexo penitenciário do mundo.

À beira da Baía de São Francisco, outros pontos estão entre os prediletos dos visitantes que passam pela cidade: Pier 39 e Fisherman’s Wharf. Repletos de atrações, lojas e restaurantes, os dois complexos são perfeitos para vivenciar a cidade e experimentá-la da melhor maneira possível, ou seja, à mesa. Além do Marina District, regiões como Mission District, Castro, North Beach e Chinatown também estão nas listas de afazeres dos turistas.

O fato é que os pontos turísticos de São Francisco estão inseridos na cidade e servem como bom roteiro para passeio. Entre um e outro você viverá intensamente a cidade. Na volta, as imagens de cinema que você guarda na memória darão lugar aos seus cliques e à sua São Francisco. Não existe melhor filme do que o nosso!

  • Alcatraz

    Alcatraz

    Em meio às águas geladas da Baía de São Francisco, a Ilha de Alcatraz reina absoluta. Originalmente terra indígena, a “Isla de Los Alcatraces” (nome dado pelo conquistador espanhol Juan Manoel Ayala) virou forte militar em 1859 e protegeu a baía até o final da Guerra Civil, em 1865. O local, que já foi…

  • Lombard-street

    Lombard Street

    De tão íngrime, o trecho da Lombard Street, entre a Leavenworth St e a Hyde St, ganhou oito curvas para que os carros pudessem descer sem derrapar. O projeto data de 1922 e foi idealizado por um dos moradores da vizinhança. De tão estranha, ficou famosa entre os turistas. Hoje a Lombard Street sustenta o título de mais sinuosa rua do…

  • Pier-39

    Pier 39

    Se há um lugar visitado por todos os turistas que chegam à cidade pela primeira vez é o Píer 39. O altíssimo índice de visitantes tem razão para ser. À beira da Baía de São Francisco, essa área de lazer une bons restaurantes, ótimas oportunidades de compras, um aquário…

  • Alamo-square-park-e-as-painted-ladies

    Alamo Square Park e as Painted Ladies

    Se há uma imagem icônica da cidade de São Francisco, certamente é o conjunto de casas vitorianas da Alamo Square, conhecido como Painted Ladies.

    A praça, no alto do bairro com mesmo nome, proporciona a famosa vista das casas com a cidade ao fundo. A região é tranquila e convida a alguns minutos de descanso no meio do…

  • Baia-de-sao-francisco-passeio-de-barco

    Baía de São Francisco – Passeio de Barco

    São Francisco é quase totalmente cercada por água. De um lado está o Oceano Pacífico; do outro, a baía que leva o nome da cidade. Não é para menos que muitas das atrações turísticas estão diretamente ligadas à costa. Apesar de a maioria delas estar em terra, é nas águas…

  • Coit Tower

    Quando estiver andando pela região do Píer 39, olhe para São Francisco ao fundo e identifique uma enorme torre que destoa completamente de toda a cidade. Não tem erro, você irá encontrá-la com facilidade. Bem no topo da Telegraph Hill, rodeada pelo Pioneer Park, a Coit Tower é marca registrada da cidade.… 

  • Ferry-building

    Ferry Building

    No encontro da Market Street com a Embarcadero, à beira da baía, está um dos lugares prediletos dos moradores de São Francisco. Com uma imponente torre de relógio, o Ferry Building marca o tempo dos viajantes que chegam ou partem de viagem. O prédio histórico data de 1898 e, até os anos 30, com a…

  • Fisherman-s-wharf

    Fisherman’s Wharf

    Quem caminha pela área do Fisherman’s Warf nos dias de hoje não imagina que em meados do século XIX o local era porto de pescadores – na maioria italianos – e o principal mercado de peixes da cidade. Remodelado nos anos 70, o local tornou-se um dos mais visitados pontos turísticos de São Francisco. No início do dia, muitos…

  • Golden-gate-bridge

    Golden Gate Bridge

    A imagem é icônica: a fog chega rapidamente pela baía e encobre a bela Golden Gate. Apenas os pontos mais altos da enorme estrutura de ferro permanecem fora da neblina. O pedido de todo turista é que o tempo limpe rapidamente e a ponte mostre integralmente a sua beleza, mas não tem visual mais charmoso em São Francisco do que a ponte…

  • Golden-gate-park

    Golden Gate Park

    O Golden Gate Park está para São Francisco como o Central Park está para Nova York, porém é importante dizer que ele é maior! A grande área, com mais de 4km², é famosa pela variedade de atividades que oferece. Lá você encontrará atrações como: California Academy of…

  • Japanese-tea-garden

    Japanese Tea Garden

    Um pedacinho do Japão o aguarda nesse jardim dentro do Golden Gate Park. O lugar é cheio de referências à Terra do Sol Nascente, como construções do tipo pagode, portais de madeira, pontes circulares, bonsais e vegetações típicas. Quando as cerejeiras estão floridas, entre abril e maio, o Japanese Tea…

  • Mission-san-francisco-de-asis

    Mission San Francisco de Asís – Mission Dolores

    Esta pequena igreja, localizada no Mission District, é a mais antiga construção de São Francisco e berço do nascimento da cidade. O prédio, fundado em 1776, foi erguido por missionários franciscanos que acompanhavam os primeiros colonizadores espanhóis. Com nome de Misión San Francisco de Assis, porém…

  • Palace-of-fine-arts

    Palace of Fine Arts 

    A imponente arquitetura greco-romana em nada lembra a cidade de São Francisco. O palácio, construído em 1915 para a Panama-Pacific Exposition, foi o único que restou depois do evento. Como a estrutura não foi pensada para durar mais que os dias da exposição, o Palace of Fine Arts precisou ser totalmente reconstruído…

  • Twin-peaks

    Twin Peaks

    Prepare a câmera fotográfica e o casaco. Entre um clique e outro é capaz de você congelar por conta do frio. Com sorte, é possível ver…

Por Monique Renne no site

Leave A Comment

Este website usa cookies e serviços de terceiros. Política de Privacidade Ok