EUA – Las Vegas

EUA – Las Vegas

No estado de Nevada, cercado pelo deserto de Mojave, está localizado o maior parque de diversões do mundo: Las Vegas! A afirmação não é um exagero. A cidade é totalmente voltada para fazer o dia do turista sempre mais feliz. Sob as luzes de neon dos gigantescos letreiros da Strip, mega resorts simulam famosas locações de todo o mundo e transportam o visitante para uma atmosfera fantástica e inigualável.   O centro da avenida é marcado pela Torre Eiffel – vizinha à Estátua da Liberdade, em Nova York; à Praça San Marco, em Veneza; e ao Coliseu de Roma. Tudo é tão exagerado e um pouco brega que acaba combinando. Não é possível comparar Vegas com nenhuma cidade do mundo. Deixe o preconceito de lado e encare os fatos: Vegas é megalomaníaca, única e lhe fará muito feliz. Quem sabe, um milionário! É só entrar no clima, mesmo que um pouco quente e seco, e curtir tudo o que a cidade tem a oferecer Las Vegas cresceu a partir da legalização dos jogos, em 1931. Operários que trabalhavam na construção da represa Hoover foram fisgados pela isca e passaram a frequentar a cidade nos períodos de folga. O pequeno movimento, inicialmente na Fremont Street, foi o start para que a região atraísse olhares ambiciosos de empresários do jogo, especialmente de gangsters, que comandaram os luxuosos cassinos até os anos 80. Com a chegada dos empresários do ramo hoteleiro, no final da mesma década, os cassinos tornaram-se enormes complexos e desenharam Las Vegas como ela é hoje. O turismo nunca parou de crescer e os números são tão grandiosos quanto os cassinos. Vegas recebe quase 40 milhões de visitantes por ano – número impressionante perto dos dois milhões de habitantes da região. Os valores nos cassinos também são astronômicos. A receita total em 2013 foi de US$ 9,676,458,000. Porém não há com o que se preocupar, já que você não precisa de tanto dinheiro para apostar. O gasto médio dos jogadores é de US$ 530, mas com uma nota de 1 dólar já é possível ficar milionário em uma máquina caça-níqueis e até conseguir algumas bebidas de graça enquanto aposta. Cassinos sempre foram a estrela de Vegas, porém o turismo na cidade desenvolveu-se muito nos últimos anos e a oferta de entretenimento atualmente é ilimitada, sofisticada e agrada todos os públicos. Espetáculos grandiosos, shows de artistas mundialmente famosos, restaurantes comandados por celebrities chefs, passeios de helicóptero pelo Grand Canyon e muitas opções de compras são alguns dos atrativos que têm levado cada dia mais brasileiros a Vegas. E você? Ainda tem alguma dúvida de que a cidade merece a sua visita?

Quando Ir a Las Vegas

Las Vegas é inteiramente voltada para o turismo e isso é levado muito a sério por lá. A programação da cidade dura 24 horas por dia e 365 dias por ano (e há quem torça para o ano bissexto chegar logo), ou seja, sempre é tempo de ir a Vegas! Claro que alguns fatores podem tornar a sua estada mais feliz, mas se você tem datas definidas para viajar, não há com o que se preocupar. Vegas sempre estará pronta e de braços abertos para recebê-lo. O ano já começa fervendo na cidade, mesmo sendo inverno. As semanas de Natal e ano-novo são das mais concorridas e abrem oficialmente o calendário do agito. A data festiva é mais atraente do que o clima, já que os meses de dezembro e janeiro são os mais frios (com temperaturas que podem ficar abaixo de zero). O inverno espanta – só um pouco – os turistas logo depois das festas de fim de ano. O movimento volta a partir de março, quando os termômetros marcam temperaturas mais agradáveis (mínima de 9°C e máxima de 22°C) e a cidade torna-se muito convidativa para quem gosta de visitar tudo a pé – o que em Vegas é excelente! Entre março e maio é o melhor período para encarar a Strip e bater muita perna. O calor aumenta ao longo dos meses e alcança o auge em julho, com termômetros que marcam, facilmente, mais de 40°C. Não é nada agradável circular no meio do deserto em um calor desses. Por isso, apesar das férias escolares, Vegas não é o destino favorito entre junho e agosto. Mas, como ela está aí para proporcionar apenas felicidade, é nesse período que as famosas pool parties estão bombando. Com tanto calor, não poderia ser diferente! A partir de setembro, até novembro, a cidade volta a ter temperaturas mais amenas e grande parte dos turistas retorna, porém, a verdade mesmo é que Vegas sempre está com as ruas lotadas. O movimento de turistas é facilmente perceptível dentro da semana. De segunda a quinta a cidade é mais tranquila, os hotéis têm tarifas promocionais, os espetáculos nunca estão lotados e os restaurantes não têm fila de espera. Na sexta-feira, a coisa muda.  A cidade é invadida por turistas em busca de qualquer coisa que aconteça em Vegas e fique por lá. No final de semana você encontrará as principais baladas, as maiores filas, os ingressos esgotados, as diárias com preços mais altos e as pessoas mais loucas andando pelas ruas. É tempo de alugar uma limusine e entrar no espírito de Vegas! Assim como no Natal e no ano-novo, outros feriados encarecem Vegas. Valentine’s Day (14 de fevereiro), Independence Day (4 de julho), Labor Day (primeira segunda-feira de setembro) e a Thanksgiving (com data variável – final de novembro) são alguns exemplos de quando a cidade estará mais cheia. Fique atento também ao calendário das grandes convenções que acontecem na cidade. Elas atraem um enorme número de turistas. Tenha em mente que não importa a data da viagem para Vegas, a cidade sempre estará pronta pra você. O mais importante é entrar no clima, seja em um fino casaco de inverno no restaurante estrelado ou em trajes de banho na pool party.

O que fazer em Las Vegas

Prepare-se para uma maratona de 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias por ano! Sem exagero algum, Las Vegas é capaz de manter o turista ocupado durante todos os segundos em que ele estiver por lá. Se você procura um destino para relaxar e ficar de pernas para o ar, é melhor ir para outro lugar – a não ser, claro, que a ideia seja frequentar um dos muitos spas e piscinas que os hotéis oferecem. Vegas é para quem está com disposição de bater perna pela cidade, ir às compras, frequentar bons restaurantes, assistir a dezenas de espetáculos, jogar nos cassinos, andar de Paris a Nova York, ver paisagens deslumbrantes no Grand Canyon e passar muitas horas circulando pelos surpreendentes complexos hoteleiros. Preguiça não combina com o turista de Las Vegas (nem muitas horas de sono, já que a programação não tem hora para acabar). A cidade pode ser comparada a um grande parque de diversões temático; a diferença é que a prioridade não são as crianças, mas sim os adultos. Vegas permite hábitos inimagináveis em outras cidades dos EUA, como beber na rua e jogar livremente nos cassinos. Por esses motivos, turistas de todo o mundo procuram a cidade para extravasar. Lá você poderá ser quem quiser e fazer o que vier à cabeça. Quem sabe até casar-se em uma capela drive thru no prazo recorde de cinco minutos! Bordões como “tudo o que acontece em Vegas fica em Vegas” não existem à toa. O respeito é grande pela maluquice do colega ao lado. O ponto de partida de todos os visitantes é a Strip, o trecho da Las Vegas Boulevard onde estão os mais famosos cassinos do mundo. Em meio a milhões de luzes coloridas, os grandes hotéis temáticos concentram diversas atrações. Restaurantes badalados, casas de espetáculos, shoppings gigantescos e muitos cassinosmantêm os turistas presos dentro dos complexos por muitas horas. Conhecer todos eles levará alguns dias; por isso, priorize os mais atraentes e famosos, como: Bellagio, Caesars Palace, Paris, Venetian, Palazzo, New York-New York, Planet Hollywood, MGM, Mirage, Wynn e Cosmopolitan. Você nunca terá a impressão de que andar por eles é um passeio repetitivo. Todos guardam atrações únicas e exclusivas. Na Strip estão os principais pontos turísticos da cidade. Um dos mais recentes a serem inaugurados é a High Roller, a mais alta roda gigante do mundo. Além dela, outros clássicos de Vegas estão por lá, como as fontes do Bellagio e a Torre Eiffel do Hotel Paris. Nem todas as atrações da cidade concentram-se na Strip. É preciso andar um pouco mais, até Downtown, para entender como Vegas se desenvolveu. Lá tudo começou. Não deixe de passear sob o teto de LED da Fremont Street e sentir o clima de Vegas sem o luxo da Strip. Nos arredores estão os bares não turísticos da cidade, ótimos para quem busca vivenciar a verdadeira Las Vegas. Além da agitada vida noturna, Downtown é casa de dois ótimos museus: o MOB – Museu do Crime Organizado e o Neon Museum (casa dos antigos letreiros luminosos de Vegas), além de um belíssimo parque com lojas e restaurantes, o Container Park. A vida noturna de Vegas é conhecida mundialmente e a fama não é para menos. É difícil encontrar uma cidade que tenha tantas opções de espetáculos e shows. O melhor de tudo é a possibilidade de comprar ingressos para o mesmo dia a preços que cabem no bolso! Quem poderia competir com sete apresentações diferentes do Cirque du Soleil em menos de seis quilômetros de distância? Além dos espetáculos, a cidade de Vegas é campeã em bares e casas noturnas. Basta circular pelos hotéis e escolher o seu point favorito. Não deixe de alugar uma limusine para tornar tudo ainda mais divertido. Se o seu foco são as compras, é melhor preparar o bolso e a mala. Vegas tem incontáveis shoppings, outlets e lojas incríveis! A maior vantagem? Tudo é concentrado em poucos quilômetros, dentro da cidade. Não deixe de investir um dia para encher as sacolas. Se você prefere mesmo um bom restaurante, esta é a sua chance de vivenciar o melhor da gastronomia mundial a preços ótimos! Não se deixe levar pela correria dos passeios, abandone o fast food e aproveite para experimentar a culinária de chefs estrelados. Para ficar no meio-termo, vá aos famosos bufês oferecidos pelos hotéis. Cansou da agitada vida na Strip? A cidade tem boas opções de passeios. O mais procurado é o Grand Canyon. Seja de helicóptero, avião ou ônibus, você poderá visitar uma das Sete Maravilhas da Natureza a partir de US$ 79 e, de quebra, passar pelo Hoover Dam. Se a busca for por um pouco mais de aventura, contrate um tour para a secreta Área 51 ou dê uma voltinha de Ferrari no autódromo. A verdade é que Vegas tem tantas opções que é difícil conhecer toda a cidade em uma só viagem. O importante é começar! Vá com a certeza de que você desejará voltar muitas vezes e cada uma delas será única. Afinal, o que fazer em Vegas? Tudo o que vier à sua cabeça! Aproveite, já que tudo ficará por lá mesmo.

Compras em Las Vegas

Há muito tempo Vegas deixou de ser uma cidade onde o dinheiro circula apenas nas mesas de pôquer. A região investiu alto em atrair outros públicos, diversificou o entretenimento e atingiu, em cheio, os brasileiros. O motivo? O astronômico número de lojas que a cidade comporta. Dos outlets cheios de descontos, às mais exclusivas grifes internacionais, Las Vegas disputa com Miami, Orlando e Nova York o posto de melhor destino de compras nos EUA. E a briga está acirrada! Diferentemente de outras cidades americanas, Las Vegas alia as compras a uma infinidade de entretenimentos. Muitas vezes você nem está querendo entrar em um shopping e lá está ele, entre as gôndolas do Venetian e as flores monumentais no Bellagio, tudo emoldurado por um belíssimo – e inacreditável – céu artificial. Não há como escapar! Por isso, jogue-se nas lojas e aproveite uma das melhores facetas de Vegas. A maioria dos grandes hotéis da Strip têm uma área destinada às compras. Prepare-se para ver muitos shoppings pela frente. Alguns se destacam pela extravagância; outros, pelo alto índice de grifes por metro quadrado. Em uma mesma praça você encontrará Louis Vuitton, Gucci, Ermenegildo Zegna, Versace, Cartier e Fendi. Ufa! Haja carteira! É bem verdade que a maioria das vitrines é mais para olhar do que para comprar, porém pechincha é fácil encontrar! Como nem todo mundo (ou quase ninguém) pode encher as sacolas com bolsas Balenciaga e saltos Louboutin, é hora de partir em disparada para os outlets! Acessíveis a todos os bolsos, eles fazem a felicidade de quem busca um novo guarda-roupas. Las Vegas tem dois grandes outlets, um em cada ponta da Las Vegas Boulevard: Premium Outlets North (150 lojas) e Premium Outlets South (140 lojas). Aqui está uma das grandes vantagens de Vegas em relação a outras cidades: os dois são bem próximos dos hotéis. Você não perderá mais de 20 minutos para chegar a cada um deles e poderá voltar muitas vezes! A principal diferença entre os dois é a estrutura: o North é todo ao ar livre, já o South é em ambiente fechado. Escolha de acordo com a previsão do tempo, já que o mix de lojas é quase o mesmo. Para aproveitar ainda mais as promoções, não deixe de levar impresso o cupom que dá direito ao livro de descontos (mais detalhes na descrição dos dois outlets, abaixo). Na Strip também é possível encontrar algumas promoções. Um dos melhores shoppings para ver todo tipo de loja é o Fashion Show. Com um enorme “disco voador” na entrada, sete lojas âncoras (entre elas Bloomingdale’s, Macy’s, Forever 21, Nordstorm e Saks Fifth Avenue) e um mix de 250 marcas, este é um dos melhores pontos para compras ao longo da avenida. Também na calçada da Strip, prontas para socorrer os turistas, estão as imperdíveis Walgreens e CVS. As drogarias americanas têm uma variedade tão grande de produtos que é possível lotar uma mala só com as comprinhas de lá. Para quem está em busca de eletrônicos e quer ir direto ao ponto, boas opções são a Best Buy, a Fry’s e o Walmart. As três lojas são enormes e oferecem uma grande variedade de produtos como computadores e periféricos, tablets, eletrodomésticos, celulares e câmeras fotográficas. Caso a procura seja por um produto específico, entre em contato com as lojas antes de ir e verifique se ele está disponível. Apesar do tamanho, nenhuma delas tem um estoque muito variado. Claro que não poderíamos deixar de indicar uma voltinha pela Apple Store – em Vegas são três lojas para quem não abre mão da maçã nas comprinhas. Ir a Vegas com o dinheiro contado é um martírio. Calcule bem quanto pode gastar, pois a cidade é um convite à falta de limites. Atenção para os valores de compras autorizados pela Receita Federal; verifique o excesso de bagagem e depois… é só aproveitar! Dicas: – O imposto sobre compras em Vegas é de 8,1% e não está embutido no preço de etiqueta. Sempre que fizer uma compra, calcule junto o custo do imposto para não ter surpresas no caixa. – Cartões de crédito são amplamente aceitos em Las Vegas; no entanto, é comum que seja solicitado um documento de identificação na hora do compras. Você pode apresentar o passaporte ou até mesmo a carteira de motorista. – É frequente que as máquinas não reconheçam os cartões do tipo viagem. Tenha sempre uma segunda opção para pagamento. – Alugar um carro é uma excelente opção para o dia de compras nos outlets, mas o ônibus que circula pela Strip leva até os dois pontos. Não se preocupe caso não esteja de carro.

Pontos turísticos e passeios

Se há um lugar no mundo capaz de manter o visitante entretido 24 horas, com certeza é Las Vegas! Além de cassinos, casas noturnas, espetáculos e restaurantes, a cidade é especialista em oferecer passeios e atrações turísticas. Entre hotéis alegóricos, voos de helicóptero com piquenique e champanhe no Grand Canyon, experiências de contato extraterrestre na Área 51 e corridas pilotando uma Ferrari F430 GT, o viajante poderá aproveitar tudo que vai além das mesas de pôquer. As principais atrações de Las Vegas então vinculadas aos grandes hotéis, porém de jeito nenhum se restringem a eles. Panfletos, sites de agências de turismo, stands de venda e concierges disputam cada turista ávido por um evento fora do comum. A escolha pode ser um mergulho com tubarões ou uma volta na mais alta roda gigante do mundo. O importante é não perder a chance de conhecer tudo o que há de novo ao seu alcance. Em Vegas o limite está apenas no bolso, já que essas experiências custam até 1500 dólares (fora os esquemas VIPs); mas, como grande parte das atrações é gratuita, não há com o que se preocupar. Contratar uma empresa para curtir passeios na cidade não é obrigatório. Muitos lugares a serem visitados são acessíveis a todos os turistas. Ter um mapa, um pouquinho de organização e muita disposição são fatores fundamentais para conhecer tudo. Aliás, tudo… é humanamente impossível! Aquários, museus, galerias de arte, parques de diversão, shows pirotécnicos, canais com gôndolas, jardim botânico e ruas de lazer são apenas aperitivos. Quanto mais você procurar, mais coisas a fazer irá encontrar. Las Vegas tem turistas de todo tipo, e os tours acompanham essa variedade de público. Os passeios agradam desde quem busca apenas conhecer rapidamente os principais pontos turísticos – seja de ônibus ou helicóptero – até os interessados no mundo dos gângsters, que desejam vivenciar um pouco da Old Las Vegas. Para ajudar na árdua tarefa de escolher qual será a diversão do dia, o Melhores Destinos separou algumas dicas que podem facilitar a montagem do seu roteiro. Grand Canyon e outros passeios de natureza Uma cidade cercada de deserto por todos os lados não poderia deixar de oferecer paisagens naturais impressionantes. Os tours pelas bordas sul, norte e oeste do Grand Canyon estão entre os passeios mais disputados de Las Vegas. Não é à toa que ele foi eleito uma das sete maravilhas naturais do mundo. Seja de helicóptero, barco, a pé ou aventurando-se em um rafting, você vivenciará a fundo toda essa imensidão natural. Grand-canyon-south-rim Grand-canyon-north-rim Grand-canyon-south-rim Grand-canyon-north-rim Para os apaixonados por visuais incríveis, outras opções são: Valley of Fire, Death Valley, Red Rock Canyon e o incrível Zion National Park. Todos os passeios tomam o dia inteiro; por isso, é preciso ter uma programação bem extensa para poder aproveitá-los. A forma mais comum e barata de tour é o ônibus. Perde-se muito tempo entre idas e vindas. Consulte a empresa contratada e pergunte o período que você irá permanecer na atração; assim, não há risco de ficar decepcionado por passar seis horas em deslocamentos e apenas duas no Grand Canyon. Se o dinheiro der, o ideal é escolher passeios que façam o trajeto de helicóptero. O valor é bem mais alto, porém o tempo útil de passeio é muito maior. Para conhecer mais detalhes sobre os tours ao Grand Canyon, clique aqui. Área 51 Durante muitas décadas a existência da Área 51 foi negada pelo governo americano. Hoje ela é ponto turístico e um dos mais diferentes passeios para quem está em Las Vegas. Você visitará muitos locais que, oficialmente, nunca existiram e até hoje têm acesso restrito. O tour inclui a rota dos extraterrestres, o misterioso Dry Lake, a lanchonete Little A´le´Inn, locações de filmes como Men in Black e Independence Day e, quem sabe, você poderá ver um objeto não identificado voando no caminho. O passeio tem duração de dez horas e custa US$ 199. Quem leva os turistas para verem aliens em Vegas é a Adventure Photo Tours. Hop-On Hop-Off Big Bus – Ônibus panorâmico de dois andares O ônibus é famoso em todo o mundo, porém em Vegas ele é especialmente interessante, já que muitas atrações estão à beira da Strip. O circuito segue todo o roteiro turístico da cidade, com treze paradas ao todo. Você poderá subir e descer quantas vezes desejar no período de 24 ou 48 horas. São duas linhas no total: a vermelha segue pela Strip e a azul, por Downtown Las Vegas. Os valores variam de US$ 38.99 a US$ 68.99. O Big Bus também oferece o tour noturno. Imperdível para quem deseja registrar as luzes da cidade de Las Vegas. Tour do crime organizado Se você é fã de histórias de gângsters, não pode deixar de fazer este passeio. O MOB tour o levará aos lugares que foram cenários de famosos assassinatos e assaltos, restaurantes frequentados por mafiosos e ajudará a entender a conexão do crime organizado com Las Vegas, de 1945 a 1980. É a história da cidade contada de uma maneira nada convencional. Depois do passeio, você poderá visitar o MOB Museum. O tour tem duração de 2h30min e os valores variam de acordo com o número de pessoas no passeio. Reservas pelo site do Vegas Mob Tour. Dirija uma Ferrari em Las Vegas Os apaixonados por carros ficarão malucos em Las Vegas. É imensa a quantidade de belas máquinas passeando pela Strip. E você poderá ser um desses felizardos a circularem em um carro dos sonhos por uma das mais belas estradas do mundo. Escolha entre uma Ferrari 458 Italia, um Lamborghini LP570-4 Spyder ou um Audi R8 V-10 para dar uma volta pelo Red Rock Canyon. A experiência custa US$ 500 e quem leva é a World Class Driving. Quem não quer ir até o deserto pode acelerar uma Ferrari 430 F1 no autódromo. O número de voltas vai depender de quanto você tiver no bolso. Para cinco voltinhas, o valor é de US$ 299; para 20 voltas, o preço sobre para US$ 1,100. Qual é o tamanho do seu sonho? Quem leva você para realizá-lo é a Exotic Racing. Exposições, museus e galerias Os acervos variam de letreiros de neon que lembram a Old Las Vegas a objetos resgatados do Titanic. Os espaços culturais de Las Vegas são ótimos para quem precisa de um respiro em meio a tanta agitação. Variados, agradam todos os públicos, mesmo quem procura apenas um pouco mais de diversão. Para os buscam um pouco de história, o melhor é começar pelo MOB – Museu do Crime Organizado. A trajetória dos mafiosos confunde-se com o crescimento dos cassinos. Entre marcas de tiros e fotos de época, você será transportado à Old Las Vegas. Para dar ainda mais sentido à história, o Neon Museum apresenta peças de letreiros que já decoraram os cassinos, lojas e hotéis da região. É como voltar no tempo: divertido e nostálgico. À noite, ele permanece todo iluminado. Outro período importante no passado da cidade é contado pelo Museu Nacional de Testes Atômicos. Você terá a chance de conhecer a fundo como aconteciam os testes nucleares no deserto, as verdades e os mitos sobre a Área 51 e até que ponto eles influenciaram o crescimento de Vegas. The-mob-museum The-mob-museum The-mob-museum The-mob-museum Além dos museus que nos transportam à Old Las Vegas, a cidade oferece também exposições como Bodies e Titanic, no Hotel Luxor, e Madame Tussauds, no Hotel Venetian. Como a cidade tem como um dos maiores atrativos a grande oferta de carros incríveis, não poderia faltar uma boa exposição de automóveis. A Auto Collections, no Quad, intitula-se como a maior coleção de carros clássicos do mundo. São boas pedidas para intervalos no meio de um dia cheio na Strip. Além das mostras permanentes, Vegas costuma receber acervos itinerantes durante todo o ano. Fique ligado à programação quando estiver de viagem marcada. Quem sabe seu artista preferido não estará na galeria de arte do Bellagio? Ruas e parques Duas ruas de Las Vegas ajudam a contar a história da Cidade do Pecado: Fremont Street e o trecho da Las Vegas Boulevard conhecido como Strip. É impensável visitar a região sem conhecer os cenários dos principais cassinos e hotéis de hoje e ontem. Só andando por lá para entender como Vegas cresceu, desenvolveu-se e ganhou nova cara. Na Fremont Street o clima é de Las Vegas antigamente. Tudo é mais conturbado, pesado, intenso e autêntico. Os letreiros em nada lembram a área mais nobre da cidade. A vantagem? Os frequentadores sentem-se livres para agir como quiserem. Lá você verá pessoas que são praticamente caricaturas. A área foi redescoberta pelos turistas depois que a Fremont Street Experience ganhou força. O maior telão de led do mundo é a estrela da vez em Downtown. Bem mais rica, exagerada e glamurizada, a Strip é casa dos mais grandiosos cassinos e hotéis da cidade. Não há comparação com a Fremont – até porque representam Las Vegas bem distintas, porém igualmente interessantes. Seja na rua ou dentro dos hotéis, você sentirá todo o luxo da avenida. Downtown-container-park Fremont-street-experience-e-fremont-west The-linq Fremont-street-experience-e-fremont-west Representando a Las Vegas contemporânea, novos espaços públicos têm atraído a atenção de turistas que buscam atividades com clima mais leve. O Container Park e o LINQ têm clima agradável e conquistam cada dia mais fãs que buscam um alívio no meio da intensidade de Vegas. No LINQ (a nova rua de entretenimento da Strip), entre os hotéis Flamingo e QUAD, a High Roller atrai os olhares dos turistas para as luzes coloridas das cabines. No ponto máximo da maior roda gigante do mundo, a 160m de altura, você terá visão privilegiada de 360° para a bela e iluminada Las Vegas.  

Leave A Comment

Este website usa cookies e serviços de terceiros. Política de Privacidade Ok